JB Xavier

Uma viagem ao mundo mágico das artes!  A journey into the magical world of  the arts!

Áudios

MEU ANIVERSÁRIO
Data: 19/12/2011
Créditos:
Autor: JB Xavier
Música: "Traumerai" - Schumann
Piano e voz: JB Xavier


Meus agradecimentos e Votos de um feliz Natal a todos os que acompanharam meus escritos neste 2012. Que 2013 nos encontre a todos  com a disposição renovada de produzir um mundo melhor.
___________________________________


MEU ANIVERSÁRIO

J.B.Xavier
Desenho: Jesus - Gustave Dorè
 
Sou cantado em prosa e verso,
E meu nome
Ecoa por todo o universo...
Falas muito nele,
Mas já não te apercebes
Do seu verdadeiro sentido...
Sabes de minha vida
Tudo o que deverias saber,
Mas não segues meus exemplos...
Para mim, riquezas nada significam...
Para ti ela é uma eterna meta...
Usei a mansuetude como arma,
Enquanto tu usas armas sem mansuetude...
Convivi com os maus de coração
Com o vacilante, o leproso, o perdido,
Sem que por isso eu tivesse me corrompido,
Enquanto tu selecionas tuas convivências
Por medo do contágio...
Eu disse minhas verdades,
E paguei com a vida pelo meu pensar,
Enquanto tu segues mentindo,
Como se fosse possível a ti próprio enganar...
Falas em mim, me citas e me chamas
Nas horas desesperadas...,
Esqueces que estou sempre ao teu lado,
Embora me machuque
Que em teus momentos felizes,
Eu nunca seja lembrado!
Oras demais, e muito prometes,
Quando a ti isso possa interessar,
Mas fazes de menos e não te comprometes,
Quando chega a tua hora de colaborar...
Falei aos que têm fé,
E lhes transmiti uma mensagem de amor,
A mesma fé que falta em ti,
E que te causa tanta dor...
Vais ao templo suntuoso,
Ornado de brilhos e ricos castiçais,
Quando sequer tive, em meu tempo,
Uma simples casa de oração...
Caminhei com toscas sandálias,
Ou de pé no chão...
E por me procurares no luxo,
Olhas nos olhos do pedinte desesperado
E não crês
Que é ali que exatamente que me vês...
E eis que é novamente meu aniversário,
E me farás feliz com os muitos presentes
Que sempre me ofereces neste dia...
Certamente, receberei,
Embrulhadas em bonitos pacotes
De boas intenções
As promessas de uma nova vida...
Me encantarei
Quando a todos desejares felicidade,
Quando distribuíres o que te sobra,
Quando, mesmo que por um segundo
Vieres fazer parte do meu mundo...
Prometendo-me doravante distribuir alegria!
Sou cantado em prosa e verso,
Falas muito em meu nome,
Mas já sei
Que amanhã será outro dia,
E que apesar de todo o amor
Que de mim recebeste,
Já nem lembrarás mais
Do que me prometeste...
 
* * *
Enviado por JB Xavier em 19/12/2011



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras